Moda Sem Crise — Página 3 de 21 — A tendência é ser você!
05 • maio • 2017

Ética e transparência no processo de produção: O que o consumidor tem a ver com isso?


NEGÓCIOS DE MODA – Diante do espelho do provador o consumidor só quer saber se a roupa que experimenta lhe cai bem, se o deixa bonito. No entanto, para promover a produção ética e transparente capaz de transformar a indústria da moda, o consumidor não pode se limitar pensar apenas nisso. Usar algo que cai bem é sim importante. Mas questionar as marcas – de grande, médio ou pequeno porte – sobre as condições de trabalho de quem está dentro e fora das oficinas produzindo é fundamental. Para a Gerente de Sustentabilidade do Grupo Malwee, Taise Beduschi mudar essa mentalidade é o grande desafio da indústria que preza por questões socioambientais. Continue lendo


04 • maio • 2017

Negócio Social: Retalhar transforma resíduos têxteis em inovação socioambiental


NEGÓCIOS DE MODA – Uma busca rápida de definição da palavra PROPÓSITO no Google indica que se trata de um substantivo masculino cujos significados são: 1. intenção (de fazer algo); projeto, desígnio; e 2. Aquilo que se busca alcançar; objetivo, finalidade, intuito. Significados que em função do propósito estão ressignificando coisas e valores no mundo contemporâneo. E com isso, o propósito tem colocado em debate e dado vida a diferentes e criativos negócios relacionados ao universo da moda, como é o caso da Retalhar – empresa da Capital paulista, em atividade desde 2014, que aposta no conceito do Negócio Social para transformar resíduos de tecidos descartados em inovação socioambiental evitando esse acúmulos em aterros sanitários. Continue lendo


04 • maio • 2017

Sobre um espírito empreendedor


MESA CORRIDA – Aos 18 anos, eu queria abrir uma padaria. Meu pai tinha acabado de perder o emprego e eu de passar no vestibular para o curso de Comunicação. Pra mim, a saída para os nossos problemas financeiros era produzir e vender pães, bolos, biscoitos. E eu apostava tudo nos meus bolinhos de chuva. Os venderia quentinhos, em porções acompanhadas de um café com leite ou chá. E não teria como alguém resistir. Na minha casa ninguém resistia. Seria nosso maior sucesso, com certeza.

Consultei várias revistas especializadas em panificação e, em duas semanas, eu estava com a padaria pronta na minha cabeça. Tinha listado os equipamentos e a mobília que precisaríamos. Pensei na decoração e nos produtos a serem comercializados. E também já tinha idealizado o lugar. Apresentei o “megaprojeto” elaborado em 15 dias à minha família e, tão logo, meus pais me chamaram para a realidade: não tinha capital de investimento. E, talvez, o meu bolinho de chuva não fosse suficiente pra segurar os gastos de um estabelecimento daquele porte. Claro que teimei na proposta, mas vencida por duas mentes mais maduras e sensatas, engavetei o meu projeto e fui vender bijuterias para garantir uns trocados. Continue lendo


02 • maio • 2017

Empoderamento feminino: as quatro atitudes que você deve tomar imediatamente para alcançá-lo


ARTIGO – Empoderamento feminino nada mais é do que dar o poder pessoal às mulheres, enaltecê-las e fortalecer o seu poder pessoal e autoconfiança para que tenham a liberdade de fazer suas próprias escolhas, definir seus próprios objetivos e ter o controle da própria vida.

Mas isso não deveria ser rotina em nossas vidas?

Deveria, mas não é.

Continue lendo


28 • abril • 2017

Antes de mais nada, viajo pra dentro


A VIAJANTE – Eu não tenho televisão. Tomei esta decisão há cerca de dois meses e estou me sentindo bem com isso. Antes, eu tinha. Mas quase nunca assistia. Eu não compro jornais nem revistas. Há alguns anos parei com esta prática. Estou fazendo um experimento temporário, que é ficar sem internet em casa (comecei a aprender malabares e tenho lido livros que estavam há anos nas prateleiras, aguardando por uma oportunidade).

Não me sinto alienada por isso. Impressionantemente, ainda assim fico sabendo de tudo que anda rolando por aí. Por outro lado, considero muito importante (e necessário) obter informações que auxiliarão em nossa vida, proporcionando desenvolvimento. Eu tenho buscado cada vez mais estar no comando do que coloco pra dentro de mim. Afinal, não é apenas de comida que nos nutrimos. É muito importante saber aonde colocamos nosso foco. Continue lendo


25 • abril • 2017

Em roupas ou tecidos indicação de fibras têxteis é um direito do consumidor garantido por lei


NEGÓCIOS DE MODA – Quem sonha empreender no Brasil e criar uma marca de roupas precisa estar preparado para os percalços do caminho. Mas, nem mesmo os mais atentos deixam de esbarrar em dificuldades. Taíse Cavasin Dalazen, 30 anos, que o diga. Após largar a carreira de psicóloga para se dedicar a um projeto de moda autoral, mesmo preparada a catarinense – que tem como proposta reutilizar tecidos descartados de grandes indústrias na confecção de suas peças -, se deparou com um enorme problema: a falta de informação sobre a composição química dos resíduos de tecidos destinados ao reaproveitamento.

“Esse tipo de loja que comercializa retalhos não fornece a descrição da composição dos tecidos, informação que preciso para confeccionar as etiquetas. Dessa forma, sinto que minha proposta de confecção responsável vai pro beleléu. Minha cunhada, por exemplo, tem uma pequena confecção e também é entusiasta do slow fashion, mas tem as mesmas dúvidas e dificuldades que eu nesse sentido de como fazer. Pelo que percebo nem as meninas que conheço que cursam moda sabem. É um assunto bastante complexo”, afirma a empreendedora. Continue lendo


24 • abril • 2017

#QuemFazMinhasRoupas: Confira a programação da Fashion Revolution Week


FASHION REVOLUTION WEEK– A partir das 19h desta segunda-feira (24), acontece o Money Fashion Power, evento de abertura da Semana do Fashion Revolution Brasil, aqui em São Paulo. E aqui mesmo na Capital paulista estão previstos vários eventos incríveis pela conscientização sobre os impactos socioambientais da cadeia de moda. Ao mesmo tempo, ao menos 30 cidades brasileiras entram nesta programação que segue até o dia 30 de abril. Mas, há um mundo inteiro promovendo encontros com o mesmo objetivo: conscientizar sobre as mazelas da indústria têxtil, ao todo o Fashion Revolution promove essas atividades em mais de 90 países. Continue lendo


24 • abril • 2017

Sobre o alcoolismo: assunto que não se pode ignorar


CAUSE MARIA – Todos os que me acompanham e me seguem nas redes sociais e na vida sabem o quanto gosto de beber drinks e sempre dou um jeito de conhecer e experimentar novos. Tenho amigos “drinkeiros” e uma irmã que sempre deixam as minhas festas mais divertidas e com bebidas maravilhosas. O que poucos sabem é sobre a minha aversão ao alcoolismo e ao descontrole gerado por ele. Um pouco contraditório, mas é a verdade. Convivi com o alcoolismo em casa desde que nasci. Não me lembro,  até os meus 26 anos, de não ver o meu pai envolvido nisso.

Continue lendo


20 • abril • 2017

Be rebelious, eat dessert first


MESA CORRIDA – Se o restaurante é daqueles que apresentam o cardápio do lado de fora, então, pode ter certeza de que a minha decisão entre entrar ou não dependerá, em grande parte, do que me oferecem na lista de sobremesas. Sou uma amante de doces declarada e valorizo muito esta etapa da refeição. Já cheguei a entrar num estabelecimento pra almoçar só por causa do que vinha no final, um autêntico crème brûlée. Claro que antes de chegar ao meu “objeto de desejo”, passei por umas torradinhas de entrada e um pato com batatas como prato principal.  O que, numa análise posterior, me pareceu um despropósito, afinal, eu poderia ter começado pelo o que realmente interessava. Continue lendo


17 • abril • 2017

HDA Models: Agência de modelos negros é símbolo de resistência no universo da moda


MODA – Quando Helder Dias deixou sua cidade natal, Alagoinhas, no interior da Bahia, rumo a cidade de São Paulo, no Estado paulista, sequer imaginava o que o destino lhe reservava. Fundador da HDA Models – agência com casting formado 100% por modelos negros – desde 2000, o empresário tem propagado a proposta de valorizar a formosura negra nos segmentos da moda, beleza e publicidade. Em uma manhã de sábado de março, Dias recebeu o Moda Sem Crise para um bate-papo. A agência localizada em Pinheiros, zona oeste, é a única dedicada exclusivamente ao público afro-descendente no Brasil. Durante a entrevista, o afroempreendedor falou sobre os desafios de fomentar a beleza negra em um país ainda repleto de preconceito. Sobre o trabalho social que faz em sua agência e sobre o projeto Aquarela Sustentável. Continue lendo


Posts antigos Posts recentes

• Instagram •

Follow @modasemcrise

Moda Sem Crise • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Logotipo por Marina Takeda • Desenvolvido por Responsivo por

Newsletter

Receba no seu e-mail as atualizações do Moda Sem Crise! É só assinar aqui: