Qual oportunidade podemos experimentar hoje? — Moda Sem Crise
03 • abril • 2017

Qual oportunidade podemos experimentar hoje?


EDITORIAL – Anos atrás, antes mesmo de 2010, recebi o convite de uma amiga com quem estudei jornalismo para entrar no prédio da Bienal do Parque do Ibirapuera, durante uma edição da São Paulo Fashion Week. O convite não nos dava direito a entrar em qualquer desfile que fosse. Mas foi o bastante para sentirmos o ambiente. Essa experiência me fez pensar por anos que esse universo da moda era regado, na maior parte, por disputas fúteis com as quais não tinha o menor interesse de compactuar. Para a minha surpresa, acabei me rendendo à moda. Criei esta plataforma. E mês passado tive a chance de voltar ao mesmo local, para a SPFWN43, agora com outra perspectiva. Desde de que decidi tocar o Moda Sem Crise tenho revisto meus conceitos diariamente. E tenho entendido a relevância desse tema que é tão necessário. Ainda mais diante do cenário catastrófico desta indústria que promove destruição e mortes em função do consumo desenfreado.

qual-oportunidade-podemos-experimentar-hoje

Mariana Pellicciari, Marina Colerato e Bianca Pereira – Foto: Marcela Fonseca

O evento que exalta o “see now, buy now”, “veja agora, compre agora” me atraiu com dois convites. Um para assistir a um bate-papo sobre moda e a resistência à indústria tradicional que reuniu no TNT LAB, Marina Colerato do Modefica, Bianca Pereira, da agência de modelos Squady e Mariana Pellicciari, uma das idealizadoras do movimento Roupa Livre. O trio falou sobre o desafio de equilibrar resistência e existência dentro do ambiente fashion. E outro, do desfile TOP 5 Sebrae, que levou para a passarela um coletivo de quatro marcas acolhidas pelo projeto, para mostrar a força dos pequenos negócios no mundo da moda. E não vou negar que estar ali naquela sexta-feira (17), para acompanhar dois momentos da programação do último dia da SPFW foi demais!

qual-oportunidade-podemos-experimentar-hoje

Modelos masculinos da marca mineira Green Co., parceira do Fashion Revolution Brasil, levaram e exibiram placas com frases como “Seja Curioso”, “Descubra”, “Faça Algo” e “Fashion Revolution – Foto: Agência Fotosite

Nos corredores da SPFW encontrei amigos com os quais tenho tido a alegria de aprender e trabalhar. Estilistas, designers, jornalistas. Gente que se propõe a fazer e falar de moda de maneira diferente desde a produção até o descarte após seu consumo. Gente que tem se esforçado para ver a mudança que tanto esperamos. E estar dentro da maior semana de moda da América Latina questionando a indústria é resistir e avançar.

A luta continua sem data para terminar. Abril chega e traz outras tantas oportunidades. Com previsão de novos encontros e debates. O principal deles promovido pelo Fashion Revolution. Presente em mais de 90 países, o Fashion Revolution é um movimento global com origem em Londres (UK) que luta para conscientizar profissionais da área e consumidores sobre o verdadeiro custo da moda e seu impacto em todas as fases, desde os primeiros passos do processo de produção, até seu consumo. A campanha surgiu após o desabamento do edifício Rana Plaza em Bangladesh, em 24 de abril de 2013, que ocupado por oficinas de costura, deixou 1.133 mortos e 2.500 feridos.

Portanto, se quer fazer parte dessa importante transformação, reserve tempo na agenda. Este mês, entre os dias 24 e 30 de abril acontece a Fashion Revolution Week. E uma programação bastante interessante está sendo criada. Os eventos principais acontecem em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG) e Porto Alegre (RS). Mas outas cidades também estão articulando eventos. Fique ligado. Nosso dever é questionar, incomodar e propor caminhos que nos levem a essa tão esperada mudança.

Não perca a oportunidade.

E então, vamos?

____

Curtiu este conteúdo? Quer ver mais? Siga o Moda Sem Crise no Facebook. Basta clicar no link cor de rosa, curtir a fanpage, seguir, interagir, e pronto, você  ficará por dentro de todas as novidades e publicações. Te esperamos! 




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

• Instagram •

Follow @modasemcrise

Moda Sem Crise • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Logotipo por Marina Takeda • Desenvolvido por Responsivo por

Newsletter

Receba no seu e-mail as atualizações do Moda Sem Crise! É só assinar aqui: