Simplesmente: Conheça a marca que desfilou na festa do Moda — Moda Sem Crise
01 • fevereiro • 2017

Simplesmente: Conheça a marca que desfilou na festa do Moda


FESTA MODA SEM CRISE – O direito à liberdade é uma das garantias propostas aos cidadãos brasileiros pelo Artigo 5º da Constituição Federal. E essa mesma liberdade está impressa na primeira coleção da marca Simplesmente dos jovens estilistas Samela Araujo, de 19 anos, e Caio Nunes, 21, que leva também este nome: Artigo 5º. Na última sexta-feira, Samela e Caio exibiram suas criações masculinas e femininas em um desfile surpresa que mexeu com a emoção dos convidados da festa de aniversário de 1 ano do site Moda Sem Crise, dando brilho e ainda mais sentido à comemoração. O desfile contou com a produção de Relberth Rodrigues.

simplesmente-conheca-a-marca-de-desfilou-em-nossa-festa-foto-david-ferreira

O casal Samela Araujo e Caio Nunes finalizando o desfile da Simplesmente – Foto: David Ferreira

Os conheci durante cobertura da 5ª edição do projeto Periferia Inventando Moda (PIM) que ocorreu em novembro do ano passado, aqui mesmo em São Paulo. Não foi à toa que a garota que na ocasião, pouco antes de lançar literalmente na passarela sua coleção, vestia uma camiseta branca com a frase “JÁ QUE É PRA TOMBAR” em letras garrafais chamou a atenção. Durante a abordagem e entrevista nos bastidores do PIM ficou claro que estava diante de uma talentosa e engajada profissional de moda.

Uma das vertentes do Moda Sem Crise é pautar e evidenciar o trabalho de novos designers com o objetivo de dialogar e contribuir com a moda brasileira. E Samela e Caio tem todo o nosso respeito. Conversei na tarde de ontem com o casal sobre planos, engajamento e geração tombamento.

Sobre a primeira coleção, lançada com a marca durante o PIM, Samela explica que a inspiração surgiu justamente da leitura do Artigo 5º da Constituição Federal que prevê, entre outros direitos aos cidadãos brasileiros, o direito à liberdade.  “Artigo 5º tem a ver com o Artigo [5º da Constituição Federal] mesmo. Esse artigo fala que somos livres, somos libertos para nos expressarmos, para sermos quem realmente somos, e nele tem uma frase muito interessante que fala que não somos obrigados a nada. Que podemos ir do jeito que quisermos e voltarmos da maneira que quisermos. Então foi justamente por isso que a gente colocou o nome Artigo 5º na coleção.”

Segundo a estilista, o conceito da Simplesmente é ser diferente e mostrar que o simples é bonito. “Queremos mostrar que o que importa talvez nem seja o que você está vestindo, mas a maneira como você está consigo mesmo. Usamos a paleta nas cores cinza, preto e branco com o objetivo de ressaltar a pessoa e não exatamente a roupa. Nossa proposta é mostrar o poder da pessoa. É mostrar que a gente pode ser quem a gente quiser”, afirma Samela em um discurso afinado com a chamada geração tombamento.

O resultado de toda essa atitude tem refletido no negócio. Com apenas três meses de existência, a Simplesmente tem sido recebida de braços abertos pelos clientes e tem surpreendido o casal afro-empreendedor. “Os clientes se identificam com a marca é coisa de louco. [A aceitação] está sendo maior do que pensávamos. Supera totalmente as nossas expectativas. Achávamos que só depois de seis ou oito meses aconteceria todas essas vendas. Isso sem falar em todo o carinho que muitas pessoas têm pela marca”, comemoram os estilistas.

Amor à primeira vista

Moradores da Zona Leste de São Paulo, Samela que é de Salvador (BA) e o namorado Caio, nascido no Rio de Janeiro (RJ) dividem os trabalhos da marca lançada em novembro. Caio é quem desenvolve a coleção masculina e cuida das questões financeiras do negócio. Já Samela é responsável pela criação da coleção feminina. E é quem cuida do relacionamento com a imprensa e participação em eventos e ensaios. O casal se conheceu em uma festa. Samela afirma que o que os uniu foi a música, mas a moda tem feito com que estreitem cada vez mais os laços.

A experiência da jovem com a moda vem desde a infância e tem origem familiar. Aliás, seus pais os ajudam em muitas coisas. Já Caio tem uma história recente no ramo. “Eu não tinha até então nenhum envolvimento com a moda. Tinha vontade de abrir uma loja, mas não de uma marca própria. Tinha metas e objetivos e sabia que no fundo estava faltando algo. Sempre gostei de ser diferente, mas nunca tinha me imaginado no mundo da moda. Até que eu conheci minha rainha Samela, e assim como foi por ela tive amor à primeira vista com o mundo da moda. Foi minha primeira marca, minha primeira coleção, primeiro evento, primeiro contato com a moda, hoje eu sei o que faltava”, conta o apaixonado Caio que trabalhava anteriormente na construção civil. “Aprender sobre uma nova área não é tão fácil assim, mas a cada dia estudo mais, me esforço mais, e tenho aprendido coisas novas a cada segundo. Mas eu tenho sorte  de ter uma professora maravilhosa e cheia de bagagem ao meu lado e que posso chamar de vida”, completa.

Planos para o futuro

A parceria entre Caio e Samela deve ir longe. Entre os planos do jovem casal está o envio da Simplesmente para suas cidades de origem, Rio de Janeiro e Salvador, respectivamente, e para fora do Brasil.”O primeiro pensamento é fechar uma parceria com a AFROPUNK* e levar a marca para os Estados Unidos e França. Meta que temos para este ano. E temos um projeto social que até o fim do ano estará de volta. A marca tem tomado muito nosso tempo. Queremos primeiro conquistar espaço para depois articular o projeto. Outra meta é transformar pessoas sem condições e que não se descobriram e oferecer peças e promover ensaios fotográficos.

*AFROPUNK é uma comunidade influente de pessoas jovens e talentosos de todas as origens que falam através de música, arte, cinema, comédia, moda e muito mais. Originando com o documentário de 2003 que destacou uma presença negra na cena punk americana, é uma plataforma alternativa e experimental. Permanecendo no centro de sua missão estão os princípios punk da estética DIY [faça você mesmo], pensamento radical e não-conformidade social. AFROPUNK é uma voz para o não-escrito, indesejado e inédito.

Geração Tombamento

O sociólogo francês, Gilles Lipovestsky defende que a moda é um espaço social onde é possível exercer a liberdade e a maneira crítica de enxergar o mundo. E a geração tombamento tem se apropriado da moda e, mais do que um simples movimento estético urbano, tem buscado pela representatividade, empoderando e fortalecendo assim a cultura negra a elevando a outro nível.

De acordo com a Enciclopédia Jurídica, tombamento é um ato com o propósito de preservar, via legislação especial, bens caracterizados como de valor histórico, arquitetônico, cultural, ambiental e de valor efetivo para a população impedindo, assim, que venham a ser descaracterizados ou alvo de destruição. E a gíria tombar que tem ganhado força tem tudo a ver com isso. Não se trata apenas de arrasar, mas preservar e favorecer a cultura afro-brasileira.

“A atitude dos jovens está se renovando. Os jovens não querem saber se tem obstáculos, hoje ele vai pra cima e acabou. Pra mim a geração tombamento é mostrar que podemos ser o que quisermos”, diz Samela. “Quando a gente sai na rua,as pessoas ficam nos olhando torto, como se pensassem ‘para onde eles pensam que estão indo’. E para muitos a geração tombamento é simplesmente tombar. Mas, é muito mais. É mostrar para que veio. É simplesmente ser livre, simplesmente mostrar que podemos tudo”, completa Caio.

Confira as fotos do desfile [Fotos: David Ferreira]

simplesmente-conheca-a-marca-de-desfilou-em-nossa-festa-foto-david-ferreira***

simplesmente-conheca-a-marca-de-desfilou-em-nossa-festa-foto-david-ferreira

***simplesmente-conheca-a-marca-de-desfilou-em-nossa-festa-foto-david-ferreira***

simplesmente-conheca-a-marca-de-desfilou-em-nossa-festa-foto-david-ferreira

***

simplesmente-conheca-a-marca-de-desfilou-em-nossa-festa-foto-david-ferreira

***

simplesmente-conheca-a-marca-de-desfilou-em-nossa-festa-foto-david-ferreira

***

simplesmente-conheca-a-marca-de-desfilou-em-nossa-festa-foto-david-ferreira

***

simplesmente-conheca-a-marca-de-desfilou-em-nossa-festa-foto-david-ferreira

Fotos: David Ferreira

LEIA TAMBÉM

PIM: ESTILISTAS INVENTAM MODA PARA FORTALECER A IDENTIDADE E A BELEZA NAS PERIFERIAS

____

Curtiu este conteúdo? Quer ver mais? Siga o Moda Sem Crise no Facebook. Basta clicar no link cor de rosa, curtir a fanpage, seguir, interagir, e pronto, você  ficará por dentro de todas as novidades e publicações. Te esperamos!




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

Uma resposta para "Simplesmente: Conheça a marca que desfilou na festa do Moda"

Projeto PIM torna jovens das periferias de SP protagonistas do universo da moda — Moda Sem Crise - 03, fevereiro 2017 às (16:32)

[…] SIMPLESMENTE: CONHEÇA A MARCA QUE DESFILOU NA FESTA DO MODA […]

• Instagram •

Follow @modasemcrise

Moda Sem Crise • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Logotipo por Marina Takeda • Desenvolvido por Responsivo por

Newsletter

Receba no seu e-mail as atualizações do Moda Sem Crise! É só assinar aqui: