Vamos (re)pensar sobre o descarte de calçados? — Moda Sem Crise
03 • novembro • 2017

Vamos (re)pensar sobre o descarte de calçados?


SAPATEIRAR – Oi pessoal, sou a Monique Brasil, idealizadora da marca de calçados sustentáveis, Rabble shoes. Há um tempo atrás eu participava de um bate-papo online sobre moda sustentável e tive o prazer de conhecer Marcela Fonseca, idealizadora desse site incrível que é o Moda Sem Crise. E desde então mantivemos contato e estreitamos os laços. Agora temos uma parceria que a cada dia se torna maior, e por isso, a Má me convidou para escrever aqui no site uma vez por mês. Vou compartilhar então um pouco do que vejo, aprendo e sei, em relação ao universo calçadista, como a produção, descarte, enfim, tudo o que o permeia, de forma sustentável e ética.

Além de produzir tentando ser o mais sustentável e transparente possível, a Rabble também busca disseminar o conhecimento sobre sapataria, com a finalidade de empoderar as pessoas para adquirirem práticas mais sustentáveis em relação aos calçados. Portanto, achei maravilhosa a ideia de ter uma coluna voltada a essas práticas sustentáveis no setor. Foi assim que surgiu a coluna Sapateirar. São todos bem-vindxs.

Esse texto de estreia, além de falar sobre como chegamos até aqui, traz também a primeira das várias reflexões que temos a propor.

Quando eu consigo tempo, também conserto alguns sapatos para doar depois, e na ocasião, em uma das minhas buscas para encontrar iniciativas no qual eu pudesse doar esses calçados, conheci o “Projeto Ímpar”, que recebe e doa calçados para pessoas que possuem apenas um membro inferior, também chamadas de unípedes, sejam amputados ou deficientes por natureza.

As pessoas unípedes encontram muita dificuldade em comprar calçados, já que eles sempre são vendidos apenas em pares. Então, ao adquirir um par, o outro pé sempre sobra e a maneira de solucionar esse problema surgiu da iniciativa do Sindicato das Indústrias do Calçado e Vestuário de Birigui (Sinbi), cidade do noroete Paulista. 

vamos-repensar-sobre-o-descarte-de-calcados

Iniciativa do Interior Paulista atende a pessoas unípedes doando calçados para interessados de todo o Brasil Foto: Projeto Ímpar

O projeto disponibiliza a possibilidade de adquirir gratuitamente apenas a unidade do calçado, por meio de um site, nas categorias bebê, infantil e adulto. 

A iniciativa foi inspirada epa atitude solidária de Élida Castor Rodrigues, moradora de Belo Horizonte (MG), que localizou alguns sapatos únicos em uma lixeira e ficou com pena de descartá-los. Élida procurou pela vizinhança pessoas que possuíam somente um pé e começou a realizar as doações. Em um depoimento, a Élida conta que ficou muito feliz ao saber da existência do projeto inspirado nela.

Por meio do Projeto Ímpar, quase 400 calçados foram fornecidos com essa comodidade para mais de 200 unípedes de todo o Brasil. O projeto é colaborativo, sendo assim, ele tanto pode receber calçados em perfeito estado para uso, quanto fornecer às pessoas que tem apenas um pé. E o frete dos produtos solicitados é patrocinado por um dos parceiros do projeto.

vamos-repensar-sobre-o-descarte-de-calcados

Jaqueline, atleta atendida pela iniciativa Foto: Projeto Ímpar

Além da questão social, há também a questão de sustentabilidade, já que muitos unípedes não sabem o que fazer com o outro pé que adquirem. Assim como as fábricas de calçados, que muitas vezes produzem apenas um pé para ser utilizado de amostra em showrooms e feiras. Ao invés de descartar essas unidades, as empresas e as pessoas, podem enviar para o Sinbi, disponibilizando o produto pra doação. Contribuindo, dessa maneira, com a natureza também.

Conversando com a organização do projeto, soube que a maior dificuldade que encontram atualmente é a de fazer as pessoas unípedes os conhecerem para que começarem a receber esses calçados. Quando os procurei para fazer as doações, não consegui enviar, pois o depósito da iniciativa estava cheio e com pouca demanda de doação. Portanto, é de extrema importância que você, que está lendo esse texto, o compartilhe para que o projeto se torne cada vez mais conhecido e chegue até os ouvidos de seu público alvo.

vamos-repensar-sobre-o-descarte-de-calcados

Janaína também teve a vida marcada pela iniciativa – Foto: Projeto Ímpar

O Sinbi busca fazer parte de uma sociedade inclusiva nacional, compromissada com a diversidade e caracterizada, principalmente, por iniciativas políticas e filosóficas em seu meio. Essa ação deve contribuir com um grupo de pessoas que, em sua maioria, é segregado e não tem os mesmos recursos que os demais.

Pra conhecer mais sobre o projeto, é só acessar o site www.projetoimpar.com clicar na opção desejada: “doar” ou “adquirir”. E seguir as instruções. Atualmente, 1.551 calçados estão cadastrados e disponíveis na plataforma. Os interessados também podem acompanhar as novidades e depoimentos do projeto nas redes sociais.

Em 2016 o Sinbi recebeu o troféu de 1º Lugar com o Projeto Ímpar, do Prêmio Melhores Práticas Sindicais, realizado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), em parceria com as federações das indústrias do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santa Catarina e Paraná. Foram cerca de 60 premiados. E o sindicato foi um dos cinco finalistas na categoria Comunicação, Relacionamento com o Associado e Programas de Associativismo.

Que trabalho lindo né? Espero que mais projetos como esse surjam. E que cada vez mais as empresas se mobilizem para fazer a diferença no mundo! Se todo mundo entender que por mais que não mudemos uma nação, podemos melhorar a vida de alguém com gestos simples, no final, serão diversas atitudes, que criarão uma grande teia de colaboração, respeito e inclusão!

Sustentabilidade e inclusão social andam juntas!

vamos-repensar-sobre-o-descarte-de-calcados

 

____

Curtiu este conteúdo? Quer ver mais? Siga o Moda Sem Crise no Facebook. Basta clicar no link cor de rosa, curtir a fanpage, seguir, interagir, e pronto, você  ficará por dentro de todas as novidades e publicações. Te esperamos! 




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

• Instagram •

Follow @modasemcrise

Moda Sem Crise • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Logotipo por Marina Takeda • Desenvolvido por Responsivo por

Newsletter

Receba no seu e-mail as atualizações do Moda Sem Crise! É só assinar aqui: