15 • maio • 2016

E os três primeiros meses de gestação…


MAMÃE SEM CRISE – Pois é, os três primeiros meses são muito importantes na gravidez. Tanto que, há quem espere para compartilhar a notícia após esse período de 12 semanas, quando os riscos diminuem consideravelmente. E nele há um misto de sensações também: insegurança, expectativa, pensamentos sendo colocados no lugar, mil dúvidas, projeções e…(se você não for como algumas amigas que tenho, que não sentiram absolutamente nenhum sintoma) o período é de enjôo, cansaço e sono! Nossa! Lembro de uma grávida me falando que nos três primeiros meses dela que se sentia como se estivesse doente e não grávida. E me identifiquei! Nos meus três primeiros meses eu pensava “O que está acontecendo comigo? Foooooorça Edilene! Quando vai chegar a parte de curtir e poder fazer minhas atividades?” Porque olha, vou confessar, eu fiquei uma semana sem lavar a louça, sem preparar comida e sem sair do sofá. Zero disposição! E só na água com limão para segurar o enjôo. Absolutamente normal, são os hormônios trabalhando nesse momento tão importante de formação do baby!

 

Gravidez: E os três importantes primeiros meses da gestação

 

Mas aí aconteceu a mágica, as 12 semanas chegaram e junto ela trouxe a felicidade de estar tudo bem e, como um passe de mágica mesmo, minha disposição voltou com força total! É claro que cada mulher tem seu ritmo, seu organismo, seus hormônios. Mas a partir das 12 semanas, a gente entra na melhor fase, e aí é hora de curtir uma viagem, organizar suas coisas, praticar atividade física, ou seja, vida normal e agora curtindo muito a barriguinha crescendo!

Ah, já contei que também fiquei a maníaca do Google pra cada sintoma diferente e tinha uma paranoia em relação ao crescimento da minha barriga (rs)? Eu falava: “Mas não tô notando a barriga crescer!” E perguntava quase que todo dia para o meu marido “Você acha que minha barriga tá mudando?” rsrsrs. Na verdade, pra reconhecerem que você está grávida mesmo só quando chega aos quatro ou cinco meses, quando ela realmente desponta! Antes disso é mais uma discreta pancinha que aparece!

Vale lembrar que por ser um período de formação do bebê, a gente precisa se cuidar bastante se alimentando bem, evitando carnes mal passadas, verduras e frutas mal lavadas, tomar ácido fólico também é fundamental para a estrutura neural do bebê, e nada de álcool, cigarros e exageros!

E é nesse período que você também define seu obstetra e vale lembrar que no Brasil eles se dividem entre cesaristas e humanizados (que apoiam o parto natural humanizado). Embora seja cedo e você não esteja abastecida de todas as informações e segurança, essa escolha é muito importante. É preciso pensar qual linha você quer seguir no seu parto, mas sobre isso eu acho que a gente pode dedicar uma coluna inteira logo mais, pois é muita coisa pra falar! O que acham?

Nos vemos no próximo dia 30, então!

Beijocas,

 

 

 




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

2 Respostas para "E os três primeiros meses de gestação…"

Fabi - 15, maio 2016 às (19:03)

Me identifiquei muito com seu texto! Embora seja minha terceira gravidez, a diferença é enorme. A única semelhança foram os enjoos… O fase complicada . Os primeiros três meses, para mim, foram de decisões, ansiedade, e novas descobertas. Estou adorando sua coluna!!! Parabéns a familia Moda sem Crise, por todas as inovações!!! Sou fã!!!

Responder


Marcela Fonseca Marcela Fonseca - maio 23rd, 2016 em 8:44 pm respondeu:

Fabiiiiii!!! Sempre nos dando a honra da sua leitura e companhia. Obrigada mesmoooo pelo carinho que sempre manifesta aqui no Moda. É muito querida!!! Beijooo

Responder

• Instagram •

Follow @modasemcrise

Moda Sem Crise • todos os direitos reservados © 2018 • Logotipo por Marina Takeda • Desenvolvido por Iunique • Studio Criativo

Newsletter

Receba no seu e-mail as atualizações do Moda Sem Crise! É só assinar aqui: