Dramas pessoais inspiram coleções apresentadas na 3ª noite da Casa de Criadores — Moda Sem Crise
11 • maio • 2017

Dramas pessoais inspiram coleções apresentadas na 3ª noite da Casa de Criadores


MODA – A Casa de Criadores é uma das principais vitrines para novos talentos de moda no Brasil. E o Projeto Lab acontece em todas as edições com o objetivo de introduzir estilistas e marcas em seu tão desejado calendário. A ideia é fazer com que esses nomes adquiram experiência até que tenham a chance de entrar para o line-up oficial do evento. Na 3ª noite da 41ª Casa de Criadores desfilaram pela primeira vez as coleções de Rafaella Caniello, Rocio Canvas e Senplo, selecionados por meio de um concurso. Já as marcas ACRVO, Carol Funke e Renata Buzzo – que realizou um desfile pautado por questionamentos femininos de dor e vulnerabilidade – desfilaram pela segunda vez. Além dos seis desfiles do projeto, a noite de ontem contou ainda com as apresentações das coleções de Diego Fávaro – que também apostou em seus próprios sentimentos, assim como Renata, ao apresentar uma coleção inspirado por um pedido de socorro para um dos maiores dramas da contemporaneidade: a depressão – além de Rafael Caetano e Alex Kasuo que completaram o line-up.

Neriage por Rafaella Caniello- Projeto Lab- - Casa de Criadores- Verão/2018 Maio/2017 foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

Neriage por Rafaella Caniello- Projeto Lab – Casa de Criadores- Verão/2018 – Maio/2017 – Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

Primeira marca a desfilar pelo Projeto Lab, a Nariage de Rafaella Caniello surgiu inspirada na obra de Arthur Schopenhauer: “O mundo como vontade e representação”, em que ele defende a existência de uma “vontade”, um caráter próprio contido em todos os seres e materiais. A ciência seria inerentemente insatisfatória, por não conseguir alcançar essa essência que somente a arte se aproximaria. Segundo Rafaella, o ponto não é comparar a roupa com a arte, mas trazer para o universo da moda o cuidado de uma obra, onde a base é o corpo e a textura é a extensão dele.

dramas-pessoais-inspiram-colecoes-apresentadas-na-3a-noite-da-casa-de-criadores

Neriage por Rafaella Caniello – Projeto Lab – Casa de Criadores – Verão 2018 – Maio/2017 Fotos: Marcelo Soubhia/Fotosite

Seguindo seu DNA minimalista, a marca curitibana Rocio Canvas, do estilista Diego Malicheski, apresentou em sua estreia no Lab a coleção “V18 Instante Estante Verão 2018”. Malicheski explica que se orienta pelo sentimento da impermanência humana. Somos instantes. Para ultrapassar os limites do dia a dia temos de nos transformar e criar forças para não deixar problemas tornarem-se pesos. A coleção fala muito sobre minha vida e meu momento atual de criação. Busquei emoções como força e a percepção do instante, que traduziam meu momento de virada”. A marca explora experimentações visuais em camadas, recortes e acabamentos. São peças para vestir em qualquer ocasião por pessoas que buscam atemporalidade e vanguarda.  A cartela de cores exprime essa contemporaneidade em off whites, nudes, cinzas  e tons metálicos.

dramas-pessoais-inspiram-colecoes-apresentadas-na-3a-noite-da-casa-de-criadores

Rocio Canvas por Diego Malicheski – Projeto Lab – Casa de Criadores – Verão 2018 – Maio/2017 Fotos: Marcelo Soubhia/Fotosite

Criada em 2013 pelo designer Rafael Schneider e seu sócio Daniel Bossle, a Senplo se apresenta como uma marca inspirada na fusão entre o urbano cosmopolita e a natureza em seu estado bruto, enfatizando um novo ponto de vista sobre o tropicalismo, mais sóbrio e reflexivo. Para o desfile do Projeto Lab na Casa de Criadores, a marca preparou uma coleção de modelagens casuais que se misturam a modelagens formais, recortes fluidos, cartela de cores monocromáticas e materiais por vezes texturizados e armados, por vezes delicados e lisos, de linguagem estética que transforma o convencional em algo fresco e contemporâneo abusando das sobreposições, proporções renovadas e o jogo entre os contrastes.

dramas-pessoais-inspiram-colecoes-apresentadas-na-3a-noite-da-casa-de-criadores

Senplo – Projeto Lab – Casa de Criadores – Verão 2018 – Maio/2017 Fotos: Marcelo Soubhia/Fotosite

A ACRVO nesta edição apostou em uma parceria com o filme “Como Se Tornar O Pior Aluno Da Escola” – inspirado no livro de Danilo Gentili e dirigido por Fabrício Bitar. O longa conta a história de dois adolescentes que não se encaixam às regras consideradas politicamente corretas impostas pelo diretor do colégio onde estudam.  A vida muda quando um deles encontra no banheiro um diário com dicas e ensinamentos para instaurar o caos na escola sem ser notado. A coleção de nome “ISCOOL or SCHOOL?”, retrata um universo colegial “break therules”, que busca dar voz a diversas personalidades, enaltecendo e celebrando as diferenças presentes no ambiente escolar. Estereótipos considerados “fora dos padrões” ganham formas repletas de atitude e identidade. Pregas, bordados, xadrez, rabiscos de carteira, cálculos e muito mais representado de uma forma descolada e bem humorada, numa cartela de cor sóbria com alguns contrastes que marcam a coleção. A coleção conta com um desenvolvimento autoral de estampas criadas a partir de ilustrações manuais feitas pelos estilistas.

dramas-pessoais-inspiram-colecoes-apresentadas-na-3a-noite-da-casa-de-criadores

ACRVO – Projeto Lab – Casa de Criadores – Verão 2018 – Maio/2017 Fotos: Marcelo Soubhia/Fotosite

A coleção de Caroline Funke foi desenvolvida com base no segundo conto do livro de histórias da marca, dessa vez chamado Baile de Máscaras. “Quando relacionamos alguém ao uso de máscaras, somos levados à ideia da falta de veracidade existente nos discursos, à mentira e à falsidade. Mas não é sobre esse tipo de máscara que quero abordar nesse conto. O conto fala sobre os dias em que nos vestimos de sentimentos opostos ao que estamos realmente sentindo e que, por algum motivo, não podemos expressá-los. Assim sendo, somos colocados em uma espécie de fábrica do sentir, fazendo com que essa engrenagem nos dê, de alguma forma, vida. São esses dias que nos questionam, nos interrogam, fazendo florescer a verdade em nós. E para a criação do Verão 2018,  me inspirei na dualidade de sentimentos que fala no conto. Trazendo detalhes com referências em trajes de gala dos bailes de diferentes épocas – em formas, modelagens e texturas – de forma contemporânea.”

dramas-pessoais-inspiram-colecoes-apresentadas-na-3a-noite-da-casa-de-criadores

Caroline Funke – Projeto Lab – Casa de Criadores – Verão 2018 – Maio/2017 Fotos: Marcelo Soubhia/Fotosite

A estilista Renata Buzzo fez um desfile enfatizando o feminino. Intitulada “She Feels”, Renata levou para a passarela da Casa de Criadores um coleção baseada em nós, em todos nós – nós físicos, nós emocionais, nós relacionados à questionamentos femininos envoltos em dor, valor e rejeição. “Falo nesta coleção muito mais sobre mim e o estrago que ele me causou quando decidiu deliberadamente me quebrar quando eu ainda não tinha idade pra me recompor. A coleção fala do meu emocional bagunçado, dos meus sentimentos tão contrastantes. Eu sou o caos, sou um emaranhado de emoções, eu estou em queda livre por dentro e monocórdica por fora. O fio elemento principal da coleção é metáfora da vida, os nós são as mágoas, as nódoas, se você resolve, você o desata, se você o ignora e segue o curso do fio, ele volta a te enroscar de tempos em tempos, te ata ao passado, não te deixa seguir. O fio também pode representar um elo afetivo, ligando dois destinos num só.”

dramas-pessoais-inspiram-colecoes-apresentadas-na-3a-noite-da-casa-de-criadores

Renata Buzzo – Projeto Lab – Casa de Criadores – Verão 2018 – Maio/2017 Fotos: Marcelo Soubhia/Fotosite

O estilista Diego Fávaro chamou atenção para um dos principais dramas contemporaneidade: a depressão. Pedidos de socorro são feitos a cada instante ao redor do mundo; físicos, causados por acidentes, e psicológicos, causados por depressões. “Em alguns momentos da minha vida, tive que gritar por socorro psicológico. Carrego uma semente ruim desses momentos que passei, que influenciaram indiretamente em dois momentos depressivos (um em maio de 2014 e outro no final de 2016), no qual tive que receber terapia para me recuperar, ajuda esta que me acompanha mensalmente até hoje. Subimos cada degrau da vida com a ajuda de pessoas boas dispostas a fazer o bem. Sozinhos, dificilmente conseguimos sair do escuro, é uma sensação de sufocamento terrível, é como se o mundo girasse normalmente, e você vivesse em uma bolha fria e p&b. Partindo destes dois pontos, usamos cores e símbolos usados com frequência em pedidos de ajuda, tecidos confortáveis que constroem peças aconchegantes que aquecem o corpo, tecidos encerados que dão rigidez e estrutura para parkas e calças e muitos acessórios utilitários.”

dramas-pessoais-inspiram-colecoes-apresentadas-na-3a-noite-da-casa-de-criadores

Diego Fávaro – Projeto Lab – Casa de Criadores – Verão 2018 – Maio/2017 Fotos: Marcelo Soubhia/Fotosite

Com trilha de RuPaul, o estilista Rafael Caetano homenageou a cultura drag. A marca masculina investiu na extravagância e colocou na passarela produções ousadas com códigos streetwear reinterpretados com pink, paetês, estampas coloridas e divertidas e acessórios que complementam o mood da coleção.

dramas-pessoais-inspiram-colecoes-apresentadas-na-3a-noite-da-casa-de-criadores

Rafael Caetano – Projeto Lab – Casa de Criadores – Verão 2018 – Maio/2017 Fotos: Marcelo Soubhia/Fotosite

O estilista Alex Kazuo que tem sua inspiração principal o japonismo, dá preferência à  materiais de descarte e tecidos de fibra orgânica no desenvolvimento das coleções. O preto continua sendo sua cor predileta e o Japão a principal referência. Os acabamentos artesanais e a vida no campo também servem de inspiração para Alex. Nesta edição, o estilista também apresentou  uma coleção cápsula de bolsas, feita em parceria com o designer Luca Mirandola, da marca Rivetto.

dramas-pessoais-inspiram-colecoes-apresentadas-na-3a-noite-da-casa-de-criadores

Alex Kazuo – Projeto Lab – Casa de Criadores – Verão 2018 – Maio/2017 Fotos: Marcelo Soubhia/Fotosite

Line-up 11/05

Karin Feller para Di Gaspi

Igor Dadona

Ben

Isaac Silva

*Foto destaque: Desfile de Diego Fávaro – Casa de Criadores – Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

LEIA TAMBÉM

2ª NOITE DE DESFILES DA CASA DE CRIADORES TEVE SUSTENTABILIDADE E DIVERSIDADE

____

Curtiu este conteúdo? Quer ver mais? Siga o Moda Sem Crise no Facebook. Basta clicar no link cor de rosa, curtir a fanpage, seguir, interagir, e pronto, você  ficará por dentro de todas as novidades e publicações. Te esperamos! 




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

Uma resposta para "Dramas pessoais inspiram coleções apresentadas na 3ª noite da Casa de Criadores"

Valorização da produção nacional marca a 3ª noite de desfiles da Casa de Criadores — Moda Sem Crise - 12, maio 2017 às (18:30)

[…] DRAMAS PESSOAIS INSPIRAM COLEÇÕES APRESENTADAS NA 3ª NOITE DA CASA DE CRIADORES […]

• Instagram •

Follow @modasemcrise

Moda Sem Crise • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Logotipo por Marina Takeda • Desenvolvido por Responsivo por

Newsletter

Receba no seu e-mail as atualizações do Moda Sem Crise! É só assinar aqui: