12 • julho • 2018

Artista expõe “Alfaiataria” na Pinacoteca e questiona tempo e valor do trabalho


Considerada uma das mais importantes artistas contemporâneas do Brasil, a mineira Laura Lima faz do Octágono, no primeiro andar da Pinacoteca de São Paulo, sua oficina de costura. A exposição “Alfaiataria” que cria um diálogo inovador com a prática do museu ao colocar em atividade um alfaiataria é também um convite à reflexão a respeito do tempo e do valor do trabalho. 

Enquanto visitantes circulam pelo prédio, Laura, alfaiates e costureiras trabalham mergulhados em um universo de molduras, telas, tecidos, aviamentos e maquinário para a confecção de uma coleção de 30 obras.

A exposição foi aberta dia 7 de julho e segue até 8 de outubro. A equipe trabalha sob olhares curiosos. E é das mãos desses profissionais e de suas atividades – modelar, cortar, alinhavar, costurar, passar e finalizar – que surgirão os retratos que preencherão o vazio dos quadros.

 

artista-expoe-alfaiataria-na-pinacoteca-e-questiona-tempo-e-valor-do-trabalho

Foto: Divulgação Pinacoteca de São Paulo

Todos trabalham orientados pelos desenhos de Laura, mas a partir de seus próprios saberes, experiências e ideias. Ao instalar um espaço de trabalho com pessoas no centro da Pinacoteca, Laura Lima retira a ênfase dada aos objetos artísticos no espaço do museu para focar-se em acontecimentos.

“Laura recusa-se chamar seis trabalhos de performances. Para a artista, não se trata de sublinhar os sujeitos ou a subjetividade de suas ações, mas entender os participantes – que ela chama de viventes – também como matéria da obra de arte, ocupando o espaço do mesmo modo que os objetivos, o mobiliário e a própria arquitetura”, explica a curadora da mostra Fernanda Pitta.

Prontas, as obras serão armazenados numa reserva técnica suspensa no Octógono, construída especialmente para  o projeto.

artista-expoe-alfaiataria-na-pinacoteca-e-questiona-tempo-e-valor-do-trabalho

Foto: Divulgação Pinacoteca de São Paulo

Artista questiona tempo e o valor do trabalho

A obra de Laura Lima, “Alfaiataria”, exposta na Pinacoteca de São Paulo até 8 de outubro, ao recorrer a um fazer tradicional, especializado e altamente elaborado como o dos alfaiates e costureiras, propõe também um paralelismo com o fazer artístico e uma reflexão sobre o tempo e o valor do trabalho.

Alfaiataria dialoga com o espaço e a história da Pina, já que instala uma oficina num edifício que teve originalmente essa função. O prédio foi construído para ser sede do Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo.

A exposição também permite uma relação com o próprio ambiente urbano do museu, o bairro do Bom Retiro, com sua tradição de oficinas de costura, lojas de tecidos e confecções, de seus profissionais de comunidades variadas como a judaica, a coreana e boliviana.

A produção de Laura se debruça sobre a complexidade dos comportamentos individuais e coletivos. Desde o início de sua trajetória, em 1990, a artista utiliza seres vivos – humanos ou animais – como parte de sua obra.

Em suas ações ou esculturas, o objetivo artístico é frequentemente ativado por longos períodos ininterruptos. Suas referências vão desde a história da arte à ficção científica, com a utilização de técnicas que variam de intrincados desenhos e colagens, à colaboração com artistas e artesão que ativam suas obras, como é o caso da exposição na Pina.

Vencedora do prestigiado prêmio Bonnefanten Award for Contemporary Art 2014, laura expôs pela primeira vez a obra Alfaiataria no Bonnefanten Museum de Maastricht, na Holanda, de 2014 a 2015. Em São Paulo, sua realização conta com o apoio da Escola de Alfaiataria.

Serviço:

Laura Lima – Alfaiataria

Local: Pinacoteca de São Paulo – Praça da Luz, 2 – São Paulo | SP

Data e horários: Até 8 de agosto. De quarta a segunda-feira, das 10h às 17h30 – com permanência até às 18h.

Ingressos: Entre R$ 3 e R$ 6; Menores de 10 anos e maiores de 60 são isentos de pagamento. Aos sábados a entrada é gratuita.

Escola de Alfaiataria – Projeto Sob Medida




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

• Instagram •

Follow @modasemcrise

Moda Sem Crise • todos os direitos reservados © 2018 • Logotipo por Marina Takeda • Desenvolvido por Iunique • Studio Criativo

Newsletter

Receba no seu e-mail as atualizações do Moda Sem Crise! É só assinar aqui: