Arquivos Negócios de Moda — Página 2 de 3 — Moda Sem Crise
20 • junho • 2017

Inscrições abertas: 2ª edição Inspiramais 2017 acontece nos dias 3 e 4 de julho


#AGENDA – O Inspiramais – Salão de Design e Inovação de Materiais – único salão de componentes da América Latina – está com as inscrições abertas para a edição Inverno 2018. O evento que acontece nos dias 3 e 4 de julho, no Centro de Eventos Pró-Magno, na Zona Norte de São Paulo, têm entrada gratuita e é dedicado à profissionais da cadeia de moda brasileira. Segundo seus organizadores, o evento serve para que a indústria entre em contato com as inspirações e as matérias primas desenvolvidos para a estação seguinte e também com as novidades em componentes, tecidos, enfeites, aviamentos e outros itens disponíveis para a próxima estação. Nesta edição, além das novidades para o inverno 2018, o evento promete antecipar o Verão 2019 por meio dos projetos Preview do Couro, Referências Brasileiras e + Estampa. Continue lendo


19 • junho • 2017

Como arquitetar um negócio de moda?


NEGÓCIOS DE MODA – Quando o assunto é empreendedorismo, nós brasileiros, saímos na frente por uma performance que, segundo resultado da pesquisa Cultura Empreendedora no Brasil, da Endeavor – organização que apoia empreendedores de alto impacto -, inclui visão de oportunidade, ou seja, o empreendedor é capaz de enxergar oportunidades de negócio, tem mente aberta e é antenado; a proatividade porque temos a capacidade de ‘botar para fazer’ e autodeterminação para tornar algo real; criatividade pois somos originais e inovadores; e sonhamos grande, uma ambição que nos estimula realizar grandes feitos, propósitos e valores. A pesquisa aponta também que o potencial de sucesso dos empreendedores brasileiros é maior que a média mundial – perdendo apenas para os norte-americanos. Mas quem faz parte do mercado brasileiro de moda ou tem interesse em fazer sabe que não são poucos os desafios que colocam em cheque a continuidade – ou não – de um negócio, situação inclusive que afeta a todo e qualquer empreendedor independente de seu segmento. Continue lendo


10 • abril • 2017

Sustentabilidade e Inovação: Fashion Revolution Brasil estará na FebraTêxtil 2017


NEGÓCIOS DE MODA – Entre os dias 25 e 28 de abril de 2017, o Anhembi Parque, em São Paulo, vai receber um abrangente evento direcionado à cadeia produtiva têxtil com a realização simultânea das Feiras FebraTêxtil – Feira Brasil Têxtil,  Tecnotêxtil Brasil – Feira de Tecnologias para a Indústria Têxtil, FINNT – Feira Internacional de Nãotecidos e Tecidos Técnicos e BonéShow 2017. Um dos destaques desta edição é a participação da equipe do Fashion Revolution Brasil em uma programação paralela. O movimento global que tem questionado em todo o mundo os processos de produção de roupa, cobrando mais transparência e ética. Outro importante destaque é a participação do Concurso de Moda Inclusiva. Projeto que tem como objetivo de promover um importante debate sobre moda diferenciada e incentivar o surgimento de novas soluções de vestuário para as pessoas com deficiência. Continue lendo


24 • março • 2017

Upcycling: Marca paulistana propõe transformação de peças de bike em moda


MODA – São Paulo está entre as cidades brasileiras em que mais cresce nas ruas o número de bicicletas. E foi neste mesmo cenário que um trio de amigos apaixonados por mobilidade e arte urbana se juntaram para transformar peças de bicicletas que seriam descartadas em acessórios de moda. Seguindo o conceito upcycling, que propõe a ressignificação de resíduos, tornando-os novas peças, Camila Cardoso, Emiliano Martins e Luciana Souza, decidiram criar  a Biciclagem. Uma marca de pulseiras, brincos, chaveiros e colares. Continue lendo


20 • março • 2017

Moda Plus Size Masculina: Agora é que são eles?


MODA – A moda brasileira tem passado por significativas transformações. Um bom exemplo disso é o segmento Plus Size, que mesmo em meio à crise econômica, tem crescido cerca de 6% ao ano e movimentado R$ 5 bilhões, de acordo com dados da Associação Brasileira do Vestuário (Abravest). É sábio dizer que ainda há muito a avançar? Sim. Mas são muitas as conquistas. E o último fim de semana (18 e 19 de março) provou isso.

Enquanto o Fashion Weekend Plus Size (FWPS) – apresentou as tendências de moda para o Outono/Inverno 2017 para a imprensa e convidados – o Pop Plus – bazar com quatro edições anuais que têm contribuído para o fomento de pequenas e médias marcas – recebeu seus consumidores com novidades, principalmente para o público masculino. O que se vê é uma moda feminina plus size que se consolida e ganha território. E a moda masculina que começa a dar sinais vitais. Continue lendo


16 • março • 2017

Quatro cursos com destino ao futuro da moda


NEGÓCIOS DE MODA – Pouco se sabe sobre o futuro da indústria da moda. Mas que ela está passando por uma das mais profundas transformações, quanto a isso não há dúvida. Estar preparado para a revolução que levará a moda como a conhecemos hoje, a outro patamar, o que aliás, envolve entre outras coisas, novos nichos de exigentes consumidores, demandas tecnológicas, tendências de produção, consumo e negócios é o caminho para fazer parte do desconhecido cenário que começa se formatar. Um caminho para ficar por dentro desses assuntos, são os cursos livres e de extensão que estão surgindo para atender a essa demanda. Separamos alguns. Veja. : ) Continue lendo


06 • março • 2017

Estiloterapia: conceito faz conexão entre a psique feminina e a moda


COMPORTAMENTO – Uma forte tendência cresce e segue no sentido contrário ao de práticas comuns da vida contemporânea, como o consumo exagerado e a busca por ideais há anos moldados pelas indústrias da moda e da beleza. Falamos da valorização da essência e o propósito de existência, que para a nossa alegria, é o novo preto!

Um caminho possível tem levado mulheres a despertarem por meio do autoconhecimento estabelecendo uma verdadeira conexão entre o corpo, a alma e o estilo. E por trás desse conceito está a psicóloga, coach e consultora de imagem, Mariana Iannuzzi, criadora da Estiloterapia.

Mariana propõe em sua consultoria um olhar integrado que vai muito além da peça de roupa. Prestes a inaugurar oficialmente o ateliê que carrega seu nome, a carioca que desde 2012 vive em São Paulo, faz uso do amplo repertório profissional tendo também por base experiências pessoas. Continue lendo


06 • março • 2017

‘Tinder da moda’ aplicativo Roupa Livre é opção de ‘match’


MODA – Iniciativas de troca de roupas estão cada vez mais em alta em cidades brasileiras, principalmente nos eixos sul e sudeste do país. Já falamos aqui, só para citar dois exemplos, do eXcambo e Projeto Gaveta. Navegar na contramão de uma indústria que por ano garante a venda de 80 bilhões de peças de roupa é um grande desafio. É fato que o ambiente digital colabora e muito com essa fórmula que envolve o consumo desenfreado e resulta, entre outras coisas, na exploração da mão de obra, inclusive usando crianças. Mas por outro lado, a tecnologia tem sido também importante ferramenta para a promoção de novas experiências de consumo. Exemplo disso é o aplicativo Roupa Livre que acaba de entrar definitivamente no ar com o objetivo de ampliar o ciclo de vida de peças que já existem. Primeiro encontro para celebrar o lançamento do App acontece hoje em Florianópolis, em Santa Catarina.  Continue lendo


23 • fevereiro • 2017

Economia circular: Do berço ao berço. Você sabe o que é isso?


NEGÓCIOS DE MODA – “Os humanos devem ser uma oportunidade para o planeta, não um fardo”. A frase citada é do químico alemão Michael Braungart que afirma também que a sustentabilidade é um conceito ultrapassado. Braungart defende que processos tanto de produção, quanto de consumo deveriam incluir benefícios à natureza, e não se preocupar em gerar apenas o menor dano possível. O especialista critica a maneira como as sociedades fabricam, consomem e descartam bens e aponta como caminho o planejamento antes mesmo do início de uma produção, com o objetivo de não gerar resíduo.

Designer especializada em tendência de moda, Débora Catelani que faz parte da equipe do Senai Mix Design afirma haver neste sentido dois caminhos: o ciclo biológico – que envolve produtos de consumo -, e o ciclo técnico – sobre produtos e serviços com design comprometido com o descarte inteligente. Conceito se encaixa na economia circular – do berço ao berço, objeto de pesquisa de Braungart entre outros. Essa tendência desde os anos de 1980 tem inspirado produções, mas ainda em escala embrionária. “Mais do que reduzir ou reciclar o lixo, queremos acabar com o conceito de lixo. O lixo é um erro de design. Não queremos fazer menos mal. Queremos fazer o bem e cada vez melhor”, afirmou Débora durante a palestra Senai Mix Design – Tendências e Inspirações para a Primavera-Verão 2017/2018, que aconteceu dia 9 de fevereiro em uma unidade do Senai, no Brás, região central de São Paulo. Continue lendo


13 • fevereiro • 2017

Senai Mix Design: Tendências e inspirações para a Primavera – Verão 2017/2018


NEGÓCIOS DE MODA – O Centro de Design e Moda do Senai acaba de divulgar o resultado de sua pesquisa de macrotendências de comportamento e consumo que servirá de inspiração e tendência para as coleções Primavera/Verão 2017/2018 das indústrias brasileiras do vestuário, calçados e acessórios masculino, feminino e infantil. O trabalho desenvolvido pela equipe de profissionais Alessandra Lanzeloti, Débora Catelani e Regina Wypych indica a temática Nexo e três direções como caminho: Conectar; Desconectar; e Reconectar.

“Essa pesquisa é bastante ampla. A gente faz uma pesquisa sobre o que está acontecendo no mundo. Fizemos viagens internacionais. E a gente busca cruzar diversas cartelas de cores e fazer a tropicalização dessa informação para que ela seja acertiva para o mercado no Brasil. Nexo é o que faz sentido, o que a gente busca no dia a dia. Mas nexo é também conexão, ligação. E nós temos feito diversas conexões novas com os acontecimentos. Conexões com as pessoas, conexões de formas completamente diferentes em função do mundo virtual que a gente tem contato hoje em dia”, disse Regina. “Toda palestra falo isso, nosso foco não é mostrar desfiles, porque isso está aí e qualquer um pode usar a internet para ter acesso aos desfiles. Nosso foco é fazer com que as pessoas pensem na criação, no seu público, pensem e desenvolvam uma identidade para sua marca e que não fiquem copiando o que a gente fala. O objetivo não é mostrar desfiles e silhuetas e sim mostrar tendências e estilos”, explicou Alessandra. Continue lendo


• Instagram •

Follow @modasemcrise

Moda Sem Crise • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Logotipo por Marina Takeda • Desenvolvido por Responsivo por

Newsletter

Receba no seu e-mail as atualizações do Moda Sem Crise! É só assinar aqui: