Arquivos As Colunistas — Página 5 de 7 — Moda Sem Crise
08 • novembro • 2016

A Mulher Maravilha no cinema, na ONU e na festinha infantil


LADO B – Eu, como toda boa garota nerd, cresci apaixonada pela Mulher Maravilha. Era minha personagem preferida nos desenhos animados e nos gibis, meus grandes amigos da infância. Sonhava que, assim como ela, teria forças para lutar contra o mal e fazer justiça num mundo tão imperfeito. Bom, anos e anos depois, ainda continuo fã da princesa Diana de Themyscira, e acredito que, para muitas meninas, ela pode ser um símbolo de “paz, justiça e igualdade”. Continue lendo


05 • novembro • 2016

Vista-se de amizades verdadeiras


CAUSE MARIA – Como uma garota que ama ler e escrever, sempre gostei de refletir sobre o significado das palavras. Não só como escrita e teoria, mas sobre o que de fato essas coisas acrescentam em nós e em nosso estilo de vida. Esta semana, estive refletindo sobre a palavra amizade e tudo o que a cerca. Sempre tive muito apreço por ela e sempre tive em mente que amizade verdadeira é aquela que acrescenta. Continue lendo


31 • outubro • 2016

Qual filtro você usa para a vida?


LADO B – As redes sociais estão ai ganhando mais corações e adeptos a cada dia. Desconhecidos tornam-se celebridades da noite para o dia capturando o click perfeito e exibindo-o em seu perfil. E nós, reles desconhecidos nesse mundão, muitas vezes nos deixamos levar por essa realidade de filtros e substituímos momentos espontâneos por fotos produzidas. Será que vale a pena substituir o sorriso pelo carão? Continue lendo


24 • outubro • 2016

Na Malha descobri que cada roupa tem uma história


LADO B – Sempre pensei que cada roupa tem uma história, mas até agora, a história das minhas roupas começava a partir do momento que eu as colocava pela primeira vez. Ah, que tola ilusão! Descobri que essa história começa muito antes das peças chegarem em minhas mãos e entender esse processo iniciou uma pequena revolução em minha mente, assim como no meu armário.

Sábado, dia 22 de outubro, visitei a Malha, um espaço incrível de coworking voltado para moda e todos os profissionais que englobam o processo de produção do segmento. Foi a primeira edição da Feira da Malha, com o tema Moda X Território, que vai muito além do território físico. Uma festa linda, cheia de sorrisos, energia positiva e muitas ideias sensacionais. Continue lendo


20 • outubro • 2016

Me representa, mas não me empodera!


CAUSE MARIA – Sempre gostei muito de programas relacionados à moda e beleza, desde muito pequena. O concurso de Miss Brasil era um deles. Assistia pela TV e, nos anos 80, lembro que era apresentado pelo Silvio Santos. Sei que assistia todos os anos, porém, guardei em mente apenas uma das ganhadoras do concurso. Deise era o nome dela. O ano era 1986 e eu tinha apenas 6 anos. Mas me lembro.

me-representa-mas-nao-me-empodera-foto-reprodução

Deise Nunes (Miss Brasil 1986)

Atualmente falamos muito sobre representatividade. E talvez seja este um dos fatores que me fez guardar a Deise em minha mente. Uma mulher negra com cabelo armado e crespo sendo coroada como uma princesa. Sim, características em comum, como o tipo de cabelo e cor da pele, talvez tenham causado essa identificação. Lembro ainda, que torci por ela, não sei se por ser a mais bonita, mas por ser a que me representava. Continue lendo


17 • outubro • 2016

Qual é a sua roupa preferida?


LADO B – Sempre que me fazem essa pergunta primeiro me vem em mente vestidos de festa, utilizados em ocasiões especiais, como o meu vestido de noiva, que eu aluguei e tive que devolver triste da vida, afinal, o que eu ia fazer com ele depois, né? Looks até bem mais simples, porém recheados de belas lembranças, que fizeram-me sentir deslumbrante, segura e feliz.
Continue lendo


15 • outubro • 2016

Para onde vamos, mulheres?


FATOS E DEVANEIOS – De verdade, amo ser mulher. Sou do tipo que lê sobre o sagrado feminino, que acredita na mulher selvagem como arquétipo da psique feminina e que considera a mulher um ser especial no mundo.

Essa visão com frequência é considerada puramente romântica e contrária ao caminho para empoderamento e à causa feminista.

Está aí um grande problema. Vivemos um tempo de difícil compreensão das possibilidades de ligações entre fatores diversos, independente do tema. Também não tem havido entendimento de que um aspecto X não necessariamente anula um fato Y e vice-versa.

Continue lendo


10 • outubro • 2016

Os livros, a moda e eu


LADO B – Você se lembra do primeiro presente que marcou sua vida? Pode ter sido uma coisa de valor simbólico, mas foi tão importante que se tornou inesquecível. O meu primeiro presente inesquecível foi comprado numa banca de jornal, num domingo pós-feira, quando eu tinha cinco anos. Eu olhava os gibis e meu pai perguntou: filha, você já consegue ler isso? Eu prontamente afirmei com cabeça e lá fui eu para casa com a Turma da Mônica em minhas mãos.  Continue lendo


05 • agosto • 2016

Sonhos, realidade e conquistas


CAUSE MARIA – Sempre quis ser jornalista. Desde criança. Lembro de dizer isso na escola. Não sei qual foi o fator que me levou a querer. Se foi gostar de escrever, de contar histórias, de perguntar, de conhecer.

Na apresentação do meu trabalho de conclusão do curso de jornalismo, eu disse aos presentes que tinha escolhido a profissão por carregar com ela o poder da informação, pois pessoas informadas poderiam mudar o mundo. E de fato podem. Se prestarmos atenção, estamos vivendo as catástrofes da nossa falta de informação.

Se era um sonho, não sei. Mas era uma grande vontade de ter o “título” de jornalista.  Continue lendo


30 • julho • 2016

Meu ensaio gestante!


MAMÃE SEM CRISE – #36 semanas – Ás vezes eu fico olhando e admirando a minha barriga e penso o quanto eu quero deixar esse momento registrado e todas as sensações que ela me traz.Eu realmente acho minha barriga linda crescendo e acredito que boa parte das mulheres sintam o mesmo nesse período. Acho que por isso os ensaios gestantes ficaram bem requisitados e são feitos de várias formas, em diferentes lugares, paisagens, etc. Eu quis fazer o meu em casa mesmo! Adoro fotografias que mostram o que a gente vive e onde a gente vive, sem muitas firulas e fantasias. E nenhum lugar é mais especial e cheio de amor do que a nossa própria casa. Adorei fotografar no meu quarto, na minha sala, pois são os lugares onde curto a minha gestação, onde faço carinho na barriga, onde mostro os movimentos da Carol para o pai dela e assim quero recordar. Continue lendo


• Instagram •

Follow @modasemcrise

Moda Sem Crise • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Logotipo por Marina Takeda • Desenvolvido por Responsivo por

Newsletter

Receba no seu e-mail as atualizações do Moda Sem Crise! É só assinar aqui: