Arquivos As Colunistas — Moda Sem Crise
08 • dezembro • 2017

Sobre 2017, sobre renascer, sobre ser feliz


Não é só de Árvore de Natal, confraternização da firma e lançamento do filme de Star Wars que se faz o mês de dezembro. Mesmo que involuntariamente, todos nós fazemos um balanço no último mês do ano. Às vezes me pego pensando em como 2017 foi um ano doloroso. Hoje, ao escrever esse texto e fazer minha retrospectiva penso em como esse ano foi incrível e o quanto estou feliz por isso. Continue lendo


01 • dezembro • 2017

Aprendendo e empreendendo: Como foi participar da 1ª Semana de Moda Sustentável do Brasil


Entre os dias 21 a 24 de novembro, aconteceu em São Paulo, um evento que já ficou marcado na história, e que espero, fazer parte mais vezes, claro. Falo da Brasil Eco Fashion Week – 1ª Semana Brasileira de Moda Sustentável, que além dos desfiles, trouxe exposições, workshops, palestras e o showroom de marcas sustentáveis no qual eu participei como expositora com a minha amada Rabble shoes. E é sobre essa experiência que quero contar. Mostrar por meio do meu olhar de expositora como foi estar lá. Quero compartilhar um pouco com vocês a importância que o evento teve para a marca e para mim, em termos de visibilidade, de trocas de experiências, enfim, contar tudo pra vocês, assim como contei a experiência para os meus familiares e amigos.

Continue lendo


17 • novembro • 2017

A pia e porque ela é o meu divã


A PIA MEU DIVÃ – Se você soubesse o tempo que demorei para escrever o expediente você não acreditaria, como eu mesma não acreditei – logo eu que tenho facilidade com as palavras.

Escrever o “expediente” – essa descrição que aparece no final de toda coluna – é basicamente dizer quem eu sou e porque estou aqui fazendo parte desse grupo seleto de mulheres – mulheres que vivem esse universo da Moda, aliás da Moda Sem Crise.

Não sou da área. Não entendo de moda. Sou apenas alguém que consome roupas, quando as encontra do tamanho que sirva.

Mas definitivamente não é este o motivo que transformou o texto a ser escrito em uma crise existencial. Responder as perguntas “quem eu sou? por que estou aqui?” isso sim foi o gatilho para a crise. 

Continue lendo


10 • novembro • 2017

Sobre viajar para visitar São Paulo: Eu, a paulixtana!


LADO B – Quinta-feira 28 de setembro, 19h30, estação da Sé, Capital paulixta, e eu me pego sorrindo enquanto subia a escada de acesso à plataforma superior. Sabe quando a gente sorri de orgulho de nós mesmos? Pois é, foi um desses momentos. Fui à São Paulo sozinha conhecer amigas até então cibernéticas. Dentro de um metrô que me deixaria em um lugar totalmente, disse para mim mesma: permita-se sonhar, mas permita-se principalmente realizar seus sonhos.  Continue lendo


03 • novembro • 2017

Vamos (re)pensar sobre o descarte de calçados?


SAPATEIRAR – Oi pessoal, sou a Monique Brasil, idealizadora da marca de calçados sustentáveis, Rabble shoes. Há um tempo atrás eu participava de um bate-papo online sobre moda sustentável e tive o prazer de conhecer Marcela Fonseca, idealizadora desse site incrível que é o Moda Sem Crise. E desde então mantivemos contato e estreitamos os laços. Agora temos uma parceria que a cada dia se torna maior, e por isso, a Má me convidou para escrever aqui no site uma vez por mês. Vou compartilhar então um pouco do que vejo, aprendo e sei, em relação ao universo calçadista, como a produção, descarte, enfim, tudo o que o permeia, de forma sustentável e ética. Continue lendo


10 • julho • 2017

Inverno


A VIAJANTE – O inverno chegou. Época em que parte da Terra está mais distante do sol e isso traz o frio que, por sua vez, traz o encolhimento, a reclusão, o olhar para dentro. Se observarmos as árvores secas veremos claramente o ciclo da vida. É hora de economizar energia, para manter viva a seiva que alimenta. É assim com toda a natureza e não poderia ser diferente com a gente. Continue lendo


09 • junho • 2017

Em época de mexerica, evite comer manga


MESA CORRIDA – É bem verdade que, no Brasil, grande parte dos alimentos pode ser encontrada em quase todos os meses do ano, mas às custas de mais trabalho, agrotóxicos e pesticidas. O que implica em um aumento no custo de produção e, evidentemente, no preço final que todos nós pagamos na feira. Mas a dinâmica não mexe só no bolso, há também outros prejuízos como poluição ambiental e danos graves à saúde do produtor e do consumidor, incluindo intoxicação e câncer. Continue lendo


08 • junho • 2017

Ignorância


A VIAJANTE – Dia desses peguei um táxi lotação pra subir a Afonso Pena (mais confortável e rápido que ônibus, mais barato que Uber ou Cabify). Quando passávamos pela praça Tiradentes, o motorista comentou: “Como está claro aqui, não?”. O outro passageiro deu prosseguimento: “Toda essa luz vem daquela super farmácia, dizem que vai ser 24h”. Há na esquina, uma farmácia prestes a ser inaugurada. Comecei então a refletir. Continue lendo


04 • maio • 2017

Sobre um espírito empreendedor


MESA CORRIDA – Aos 18 anos, eu queria abrir uma padaria. Meu pai tinha acabado de perder o emprego e eu de passar no vestibular para o curso de Comunicação. Pra mim, a saída para os nossos problemas financeiros era produzir e vender pães, bolos, biscoitos. E eu apostava tudo nos meus bolinhos de chuva. Os venderia quentinhos, em porções acompanhadas de um café com leite ou chá. E não teria como alguém resistir. Na minha casa ninguém resistia. Seria nosso maior sucesso, com certeza.

Consultei várias revistas especializadas em panificação e, em duas semanas, eu estava com a padaria pronta na minha cabeça. Tinha listado os equipamentos e a mobília que precisaríamos. Pensei na decoração e nos produtos a serem comercializados. E também já tinha idealizado o lugar. Apresentei o “megaprojeto” elaborado em 15 dias à minha família e, tão logo, meus pais me chamaram para a realidade: não tinha capital de investimento. E, talvez, o meu bolinho de chuva não fosse suficiente pra segurar os gastos de um estabelecimento daquele porte. Claro que teimei na proposta, mas vencida por duas mentes mais maduras e sensatas, engavetei o meu projeto e fui vender bijuterias para garantir uns trocados. Continue lendo


02 • maio • 2017

Empoderamento feminino: as quatro atitudes que você deve tomar imediatamente para alcançá-lo


ARTIGO – Empoderamento feminino nada mais é do que dar o poder pessoal às mulheres, enaltecê-las e fortalecer o seu poder pessoal e autoconfiança para que tenham a liberdade de fazer suas próprias escolhas, definir seus próprios objetivos e ter o controle da própria vida.

Mas isso não deveria ser rotina em nossas vidas?

Deveria, mas não é.

Continue lendo


• Instagram •

Follow @modasemcrise

Moda Sem Crise • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Logotipo por Marina Takeda • Desenvolvido por Responsivo por

Newsletter

Receba no seu e-mail as atualizações do Moda Sem Crise! É só assinar aqui: