Call for Papers: CINM está com inscrições abertas para trabalhos científicos — Moda Sem Crise
03 • agosto • 2017

Call for Papers: CINM está com inscrições abertas para trabalhos científicos


NEGÓCIOS DE MODA – Em todo o mundo, o universo da moda passa por uma significante e irreversível transformação. Pensando nisso, a 5ª edição do CINM – Congresso Internacional de Negócios de Moda, que acontece entre os dias 25 e 28 de setembro em São Paulo, coloca em pauta “O futuro da Moda”. Promovido pelo Instituto Brasileiro de Moda (IBModa) em parceria com os cursos de Têxtil e Moda e de Marketing da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH/USP), o CINM abre espaço e oferece uma grande oportunidade para quem quer mostrar seu trabalho para o mundo. Até dia 15/08, interessados podem enviar resumos de seus trabalhos científicos por meio da plataforma de inscrição. Os conteúdos aprovados serão apresentados durante o congresso e publicados em um livro, novidade desta edição.

“Esse é o 4º ano que a gente compõe anais, que são os vários artigos aprovados. O último rendeu quase que 300 páginas de diferentes assuntos. Esse ano vamos preparar um livro com os artigos aprovados com esse tema: o futuro da moda. E o que é interessante é que quem aprova esses papers é uma comissão científica com quase 40 nomes não só do Brasil, mas do mundo inteiro. Não é fácil conseguir pessoas acadêmicas dessa área, a pessoa para fazer parte da comissão científica tem que ser doutora. E tudo isso é legal porque quem tem o conteúdo aprovado apresenta e tem uma visão em rede de vários profissionais e pesquisadores do mundo inteiro”, afirma Luciane Robic, diretora de Marketing do IBModa.

Segundo Luciane, a expectativa é que algo entre 25 e 30 papers sejam aprovados. A ideia é fomentar a discussão em torno deste que é uma dos mais pertinentes temas da contemporaneidade: o futuro que nos espera. Assunto que reverbera todo a edição do evento que conta com uma grade de palestras, mesas de debate, oficinas e exposição. Em breve o Moda Sem Crise publicará conteúdo completo a respeito de toda a programação. À respeito do Call for Papes – Chamada de Trabalhos, a especialista em negócios de moda adianta:

“Não faremos algo muito convencional. Às vezes você está estudando um determinado assunto e é legal trocar ideias. Então, isso aconteceu de maneira bastante interessante nos dois últimos anos do CINM, nas edições de Porto, em Portugal, ocasião em que tínhamos muitos estudos de pessoas falando sobre design e tecnologia e dentro da sustentabilidade. Então, para quem está investigando alguma coisa e acha que está ali sozinho, atender ao chamado é uma grande oportunidade. Em congressos convencionais, o que se vê são pessoas avaliando hierarquicamente mesmo, e o que propomos é fomentar esse papel, dar ideias de onde mais pesquisar, quem procurar, orientar mesmo. E tem os anais, tudo controlado pelo MEC [Ministério da Educação], para quem tem carreira científica, ter um paper aprovado, inclusive, soma pontos. Sem contar que no final esses papers serão publicados em um e-book onde as pessoas poderão se cadastrar e fazer o download. Pensamos também em fazer um número limitado de impressos para deixar em bibliotecas. E tudo isso é muito bacana”, explica.

callforpapers1

De acordo com os organizadores, para a aprovação dos papers serão levados em consideração os seguintes aspectos: ineditismo do tema; metodologia utilizada; alinhamento entre objetivo e conclusões, fluidez do texto; e contribuição para o desenvolvimento dos negócios da moda.

O CINM surgiu em 2011, por iniciativa do IBModa. O objetivo desde então era analisar e debater a moda em seus aspectos mais amplos, dando aos participantes a oportunidade de refletir sobre suas carreias e empresas, os incentivando a elaborar estratégias de crescimento. A 1ª e a 2ª edição aconteceram na cidade Rio de Janeiro. E depois o evento seguiu para Porto, em Portugal nos anos de 2015 e 2016. De volta ao Brasil, desembarca pela primeira vez na Capital paulista. A abertura ocorre na noite do dia 25, no Unibes Cultural. E segue para a EACH para manhãs de palestras, durante os dias 26, 27 e 28. E as apresentações dos papers estão programadas para as tardes de evento. Uma feira para os dias 27 e 28 também está sendo preparada. E a equipe de trabalho ainda espera agregar à esta agenda outras novidades alinhadas com sustentabilidade, inovação e criatividade.

Os trabalhos científicos estão separadas em quatro categorias:*

Artigos Científicos

Resultado de pesquisas em andamento ou concluídas que possuam uma sólida base bibliográfica e se proponham a avançar nas fronteiras do conhecimento dos negócios da moda, seja por meio de novas ideias ainda não testadas, seja por meio de pesquisas que comprovam ou sugiram novas formas de atuação para as empresas no desenvolvimento e na gestão de marcas e de produtos. Deverão ter ao menos um dos autores com título mínimo de mestre.

Estudo de Caso

Resultado de estudos de caso em uma ou mais empresas que tenham características especiais, de forma a alcançar conclusões que permitam à Academia progredir no ensino dos negócios da moda, e às empresas aplicar os conhecimentos gerados na gestão de seus negócios. Deverão ter ao menos um dos autores com título mínimo de mestre. Espera-se que o problema esteja bem definido: que haja uma revisão bibliográfica apontando o estado da arte do assunto em questão; uma pesquisa em profundidade que descreva a forma como a empresa lidou com o problema: a comparação entre os procedimentos apontados na teoria e os realizados pela empresa e uma conclusão sobre como os ensinamentos do caso podem ser explorados pelas empresas do setor. Espera-se também que o autor formule algumas perguntas que direcionam a aplicação do caso em salas de aula de ensino superior nas áreas de gestão e de moda.

Pôsteres

Trabalhos de iniciação científica conduzidos por estudantes de graduação, ou trabalhos das categorias acima que não sejam passíveis de apresentação oral, mas sejam indicados pelos avaliadores como de interesse para o Congresso, poderão ser convertidos para o formato de pôster.

Experimentos e experimentações

Trabalhos que não sigam a metodologia científica tradicional, mas que podem trazer contribuições significativas para o setor dos negócios da moda são enquadrados como Experimentos ou Experimentações.

Cada trabalho pode ter até cinco autores inscritos. No caso dos artigos, estudos de caso e pôsteres, ao menos um dos autores deve ter título de mestre ou doutor. Não há limites para submissão de trabalhos, entretanto, cada autor/co-autor poderá apresentar oralmente no máximo dois trabalhos aprovados.

*Com informações do CINM

Serviço

CINM | Congresso Internacional de Negócios de Moda

Abertura: Dia 25 – Unibes Cultural – Rua Oscar Freire, 2500 – Sumaré, São Paulo – SP

Congresso: Entre 26 e 28 de setembro – EACH | USP Leste – Rua: Arlindo Bettio, 1000 – Vila Guaraciaba – São Paulo | SP

Para inscrições e outras informações acesse Orientações | CINM

____

Curtiu este conteúdo? Quer ver mais? Siga o Moda Sem Crise no Facebook. Basta clicar no link cor de rosa, curtir a fanpage, seguir, interagir, e pronto, você  ficará por dentro de todas as novidades e publicações. Te esperamos!




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

• Instagram •

Follow @modasemcrise

Moda Sem Crise • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Logotipo por Marina Takeda • Desenvolvido por Responsivo por

Newsletter

Receba no seu e-mail as atualizações do Moda Sem Crise! É só assinar aqui: